Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011
Imagem
Encontre sua cor ideal Já repararam que determinadas cores realçam e iluminam a pessoa, enquanto outras parecem apagar totalmente a fisionomia? Segundo um estudo iniciado por Johannes Itten, denominado Teoria das Estações ou Colorismo, todas as pessoas possuem uma composição natural de cores, levando em consideração o conjunto – pele, olhos e cabelo. Divididos em harmonias – prata (tons frios) e dourado (tons quentes) – são criadas dentro delas  subdivisões, como o Outono/Inverno (prata) e Primavera/Verão (dourada). Descobrir a sua é um passo fundamental para saber quais cores mais favorecem cada um. Como descobrir? O ideal é que em um ambiente de iluminação natural, testar roupas, ou até um pedaço de cor e ver diante de um espelho, quais tons combinam mais com você. Pois, o efeito das cores é percebido através da iluminação do rosto e da coloração dos olhos, dos lábios e bochechas. As cores corretas vão valorizar a beleza individual, ajudando a disfarçar pequenas imperfeições, como marc…
Imagem
DAR NÃO É FAZER
AMOR

Luís Fernando
Verissímo

Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é
esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos
da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar...
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar
amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem
jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir
carinhos, sem
esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no me…